GROHE goes Zero

A caminhada da GROHE para alcançar uma produção neutra em carbono

A GROHE assume, com seriedade, a responsabilidade de manter o nosso planeta saudável. É por isso que a marca tem trabalhado continuamente para reduzir a sua pegada ambiental ao mínimo possível - uma caminhada que começou há mais de 20 anos. Junte-se a nós nesta jornada pelos esforços globais da GROHE para uma produção neutra em carbono e como isto foi finalmente conseguido em abril de 2020.

Tudo começou com a fundação da Central Environmental Management  em 1999, que lançou as bases para a implementação gradual da sustentabilidade como uma parte essencial da marca. Em 2015, a GROHE instalou a sua primeira unidade combinada de calor e energia em Hemer, na Alemanha. A unidade de produção em Lahr, também localizada na Alemanha, surgiu apenas um ano depois. Aqui, a energia elétrica produzida é suficiente para cobrir as necessidades de eletricidade próprias. Com ambas as instalações combinadas de calor e energia, conseguimos reduzir cerca de 5.000 toneladas de emissões de CO2 por ano. Na fábrica da GROHE em Klaeng, na Tailândia, no entanto, é utilizada a energia solar através de instalação de painéis solares no telhado, que reduzem as emissões de CO2 em cerca de 2.000 toneladas por ano.

Além de converter todas as fábricas e centros de distribuição alemães para energia verde em 2019, a Investigação e Desenvolvimento continua a ser crucial para conseguirmos reduzir ainda mais as emissões ao longo de toda a cadeia de valor. Para isso a GROHE construiu um laboratório de análises de última geração em 2018, que reforça ainda mais a velocidade da inovação para tecnologias de redução de emissões nos processos de produção, bem como nos próprios produtos. Uma inovação revolucionária é o método de impressão 3D em metal, com a perspetiva de, não só aumentar o uso eficaz do material, mas também oferecer um novo grau de personalização para as nossas casas.

Para compensar o CO2 ainda inevitável, a GROHE apoia dois projetos no Malawi e na Índia. O projeto na Índia constrói e mantém uma instalação hidroelétrica que oferece energia limpa para a rede de abastecimento do norte do país, enquanto o programa na África restaura poços para um abastecimento de água limpa. O objetivo final de todo o grupo LIXIL é, no entanto, reduzir as emissões de CO2 de todos os processos de negócios, produtos e serviços a zero, até 2050.

Ao atingir a sua meta de se tornar livre de emissões na sua cadeia de produção em abril de 2020, a GROHE tornou-se também uma das primeiras marcas sanitárias globais a atingir este marco, estabelecendo assim um grande precedente para toda a indústria. A caminhada, porém, continua com o próximo objetivo em mente: todos os departamentos de vendas devem tornar-se neutros em CO2 até 2021. Continue connosco!